Pesquise!

Carregando...

Seguidores

Facebook

Tecnologia do Blogger.

Link-me

O Blogueiro

Visitas.

09/05/2013

Não ignore o meu passado.
Você conhece a minha história.
Já estou tão fadado.
E ainda preciso te entender.

Pois não se canse agora
Tenho muito pra dizer.
Sei que precisa ir embora.
Mas não antes de se convencer.

Eu não quero este escândalo
Em mim não haverá mudança.
O que sou irei conservar.
Não entrarei na sua dança.

Todos esses anos de união...
Você sempre jurou me amar.
Por que me olha assim,
Como se não houvesse solução,
Como se tudo chegasse ao fim?

Hora, minha pequena,
O problema sou eu.
Não chore tanto
Infelizmente acabou o encanto.

Não, Você não pode me deixar.
Eu nada fiz contigo.
Abrace-me mais uma vez.
Por favor, vem cá.

Eu já fiz todas as malas.
Vou partir com convicção.
Não há o que você faça
Que mude minha decisão.

Se queres tanto partir
Vá de uma vez.
Pois já quebrou coisas demais.
Saia e, por fim, me deixe em paz.


Rogério Queiroz.

P.S. Depois de um tempo com bloqueio criativo, enfim, escrevo algo atraente aos meus olhos.

4 comentários:

  1. Nossa vei que poema legal, tenho escrevo alguns mas não sinto, sei lá, capacidade de expô-los.
    Muito sucesso, de coração, Victor Rosa :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom, Víctor, obg pelo comentário, devo te confessar que pra mim também é muito difícil expor os poemas, mas é importante colocar isso pra fora.

      Excluir
  2. Ameeei, muito lindo mesmo! Parabéeens Rogério.

    ResponderExcluir