Pesquise!

Carregando...

Seguidores

Facebook

Tecnologia do Blogger.

Link-me

O Blogueiro

Visitas.

09/06/2013
Calisto
Autor: L.E. Haubert
Editora: Novo Século
Páginas: 206
Classificação: ***


Sinopse - Calisto - Trilogia da Meia-Noite 1 - L.E.Haubert: Quando a noite cair, as brumas elevarem-se, a lua estiver banhada em sangue e as insígnias despertarem não restará opção se não lutar. Você não pode fugir de quem é do seu destino ou os demônios encontrados, e não poderá desistir porque terá sempre alguém a espreita. As cinco insígnias juntas são invencíveis, separadas devastadoras. Resista, combata, enfrente, acima de tudo conheça a si mesmo para descobrir se você está pronto para desvendar os mistérios. Draco, Lucas e Kalí possuem cristais, possuem força e não desistirão até Arrarock estar salva novamente. O preço mais caro sempre é pago pelos heróis. Acompanhe-os nesta jornada.


Calisto é o primeiro volume da trilogia da meia-noite da autora parceira aqui do blog L.E. Haubert. É um livro pequeno com 206 páginas, capítulos curtos e intercalados, em alguns capítulos acompanhamos as aventuras de Draco e em outros as perlipércias de Lucas, as vezes até mesmo o vilão, Volker, é o dono do capítulo. :3



"A morte de caçador é a chave da sobrevivência para a caça." (página 111)

O enredo é centrado em cinco objetos poderosos e malignos, as insígnias, que são um presente dos deuses para os seres humanos. Mas como pode um presente ter poderes malignos a ponto de querer dominar o seu possuidor? Aham, há uma explicação muito criativa para isto – querem que eu conte? – não vai dá, por mais que eu queira dividir esta informação não contarei, pois não pretendo sair soltando spoilers importantes por aqui.

Draco e Lucas são os personagens principais, os detentores dos cristais, ou pedras marcadas por runas antigas – as insígnias. Draco é o primeiro a encontrar um dos objetos - a insígnia da Terra, ah, lá pelo meio do livro descobre-se que cada objeto representa um elemento da natureza: ar, água, fogo e terra; mas não são cinco objetos?! Sim, são! A quinta insígnia representa “espírito”. Bom, voltando, muitas coisas acontecem a Draco, o leitor conhece o poder da insígnia da Terra, no meio desse turbilhão o jovem também precisa proteger sua mãe, Joanne, pois a mulher passa a ser perseguida por monstros medonhos em busca do objeto mágico. Joanne guarda um grande segredo em relação ao filho, outra coisa, o jovem Draco não conhece o pai... Nesta aventura, Draco contará com a ajuda de amigos e alguns destes amigos são  de certa forma inimagináveis para ele.

Um dado importante, toda a história se passa na Terra de Arrarock, uma terra mágica habitada por elfos, dragões... No início do livro temos um mapa ^^ muito legal!!!

Lucas é um jovem solitário, seus pais morreram, ele é mal visto pelos habitantes da cidade por ter feito alguns roubos... De repente – vou lançar um spoiler, mas é pequeno, vai – ele encontra um Dragão, isso mesmo, você não ler errado, o Dragão, é uma fêmea, escolhe o jovem pra ser o seu cavalheiro. Os Dragões são seres mitológicos e Lucas já ouvira falar sobre ele, mas faz muito tempo que ninguém via estes seres mágicos, pois, na grande guerra que houve há mil anos, todos, ou a grande maioria, foram dizimados. Como eu já disse Lucas também é o detentor de um cristal e as circunstâncias que leva ele ao objeto são muito estranhos... tudo tem uma explicação.

Acabei de falar sobre a guerra, né, pois bem, esta guerra aconteceu porque o mago do mal, Volker, queria todas as insígnias só para si, pra enfim conseguir domina o mundo. Os guerreiros não permitem a vitória de Volker e, com a derrota do mago, as cinco insígnias são separadas e permanecem por mil anos adormecidas... a magia sempre desperta e com ela o mal também ressurge e todo o inferno renasce. Os guerreiros são descansarão quando a Terra de Arrarock estiver novamente salva.

- Quem é ele, Volker?

- Um antigo mago, há mais de mil anos, tentou dominar toda a terra de Arrarock e subjugá-la usando o poder das insígnias criando uma guerra em que mais da metade da população foi dizimada. (Páginas 165 e 166)

Pontos negativos: O livro termina sem uma conclusão, não parece o fim, sabe. É claro que tem uma continuação, contudo, fica muita coisa vaga, no ar, muitas perguntas a serem respondidas no livro seguinte, Sohuem, quero encontrar todas essas respostas. A sinopse fala sobre a personagem Kalí que também possui um cristal mas a elfa só entra na história lá para o final do livro, eu esperava por ela a cada capítulo.

P.S. sobre o título: Calisto é uma cidade onde os guerreiros - detentores das insígnias - terão que ir em busca de algo importante, não falarei mais.


Se cuidem!
Rogério Queiroz.

11 comentários:

  1. Muito boa resenha, concordo com tudo!! Já estou no finalzinho do livro e praticamente em estado de êxtase!! Minhas opiniões do livro são quase iguais as suas, espero que minha resenha não saia parecida.
    Super Abraço, Victor Rosa
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Meu querido amigo Rogério, olha eu aqui de novo !! hahaahaha

    Então, estava lendo um pouco da sua resenha, porque eu também tenho parceria com a autora e estou para ler eles também. Não vejo a hora de comprovar para ver se os livros são realmente bons, porque a gente nunca sabe. Cada um acha uma coisa e tem uma opinião diferente, mas pelo que percebi, você gostou e desgostou ao mesmo tempo. Fiquei na dúvida (risos)

    Mas fala sério, as capas dos livros são lindas né ?
    Mas o que vale mesmo é o conteúdo é claro e quero te dizer que gostei muito da sua resenha, até porque vocÊ foi bem OBJETIVO. Parabens querido =]

    Outra coisa, amanhã pela graça de Deus eu vou colocar uma resenha no meu blog também e espero que veja e goste do livro.
    Se cuida e fique com Deus querido
    E ai, curtiu agora meu comentário grande ?? hahahaha
    bjokas

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas sempre gosto de estar a par das novas obras nacionais. Gostei bastante da sinopse do livro e do enredo, e sua resenha me deixou curiosa. Com certeza vou procurar saber mais.
    Parabéns pelo blog e pela resenha!

    http://lereaminhapraia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Rô!
    Você tem o dom de fazer resenhas, muito boa essa daí também. Adorei!
    Apesar desses livros ainda não terem despertado o meu interesse para lê-los. Espero que o livro de continuação seja bom e você encontre as respostas que ficaram faltando. :)

    Beijos!

    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. òtima resenha
    quero muito ler esse livro. e a continuação desse eu vi, a capa é linda.

    estou te seguindo
    curti no face

    http://www.lostgirlygirl.com

    bjos

    ResponderExcluir
  6. Realmente parece que o livro é muito bom *-* Curti!
    Obrigada pela sua visita, volte sempre! :)

    http://osnarnianos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Rogério tudo bem?
    Nossa a autora arrasa ein? rsrsrs mas vamos ver os próximos livros!
    Olha é sacanagem queria tanto saber,porque não contou kkkk,mas ainda saberei.
    A capa é linda,gostaria de "vagar" neste mundo bem legal e ver este mapa ^^
    Como sempre,ficou ótima sua resenha.
    bjus
    Tamires C.
    De tudo e um pouco

    ResponderExcluir
  8. Oi,
    eu não conhecia o livro, mas parece ser interessante.

    abraços

    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi Rogério,
    O meu Calisto e Sohuem chegaram essa semana e eu não vejo a hora de começar a leitura!! Pretendo iniciar ainda nessas férias de Sao Joao!! Adorei a sua resenha!

    Abraços!
    Adriano Gutemberg
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não gostei da capa pelo seguinte motivo: plagio de outro livro publicado pelo mesmo selo da novo século.
    esse livro http://www.novostalentosdaliteratura.com.br/?cat=&s=a+cor+da+escuridão.

    A história em si parece ser interessante.

    ResponderExcluir