Pesquise!

Carregando...

Seguidores

Facebook

Tecnologia do Blogger.

Link-me

O Blogueiro

Visitas.

19/06/2013



Olá, leitores!
Faz um tempinho que eu venho enrolando para anunciar minhas novas parcerias, isso é muito feio, mas vou fazer um post grandão para contar tudo pra vocês. 
Ah, eu estou muito feliz por causa desses autores que acreditaram no blog e me deram um voto de confiança, me concederam essas parcerias especiais. Espero sempre poder agradá-los com minhas doses de palavras.


Vamos ao primeiro autor: Paulo Levy, que rapidinho aceitou o convite para se tornar parceiro aqui do blog.



Campeão brasileiro de squash e ex-redator publicitário, Paulo Levy herdou do pai a paixão por livros policiais e de espionagem. Fã confesso das histórias de Sherlock Holmes, Hercule Poirot, Jules Maigret, Comissário Montalbano, para citar apenas alguns, fez da sua paixão por livros a sua carreira: entrou para o ramo editorial com uma empresa de ebooks em 2001. Em seguida, passou pelas editoras Horizonte e Objetiva, esta onde atuou por 5 anos. Em 2009 abriu sua própria editora, a Bússola. RÉQUIEM PARA UM ASSASSINO, recomendado pela revista Veja, e pelos jornais O Estado de São Paulo e Folha de São Paulo, entre outros, é o seu livro de estreia.





Sinopse - Réquiem Para Um Assassino   -  Paulo Levy


Parecia uma manhã como outra qualquer na pequena Palmyra, uma cidade histórica no litoral do Rio de Janeiro. A caminho do trabalho, o delegado Joaquim Dornelas se espanta com um movimento incomum nas ruas. Diante da Igreja de Santa Teresa e da Antiga Cadeia, no Centro Histórico, uma multidão observa o corpo de um homem atolado na lama seca do canal. Ninguém sabe como o corpo foi parar lá. Não há sinais de arrasto, marcas de barco, violência, ferimentos, nada. Apenas um band-aid na dobra interna do braço esquerdo. Abandonado pela mulher e longe dos filhos, o delegado Dornelas, um tipo humano, amante de cachaça e de mingau de farinha láctea, se envolve de corpo e alma no caso em busca de salvação. Sem aviso, a irmã do morto e um vereador poderoso aparecem para dar informações importantes sobre o que se tornaria um caso de dimensões bem maiores do que Dornelas poderia imaginar. Aos poucos se revela uma complexa teia de interesses envolvendo a política, o tráfico de drogas, a prostituição e a comunidade local de pescadores. A intuição aguçada, a cultura e o conhecimento das forças que movem a natureza humana permitem ao delegado Joaquim Dornelas se mover habilmente pelo emaranhado de fatos e versões que a trama apresenta. O que a princípio seria mais uma investigação na sua carreira, se torna para o delegado uma jornada de transformação pessoal.








Sinopse - Morte na Flip - Paulo Levy


Embalado por sua amizade colorida com Dulce Neves, por doses de sua cachaça favorita, por seu empenho como pai à distância e por seu mingau de farinha láctea, o delegado Joaquim Dornelas mais uma vez usa de aguçada intuição e incrível faro policial para desvendar mais um complicado crime.











Romances policiais são sempre bem vindos para um fã de Agatha Christie.

Próximo autor: Bruno Godoi. Bom, o Bruno também se mostrou um cara muito disposto a aceitar a parceria e seu livro parece ser incrível... eu aguardo ansioso a chegado do exemplar.



Bruno Leonardo de Godoi e Silva nasceu em Divinópolis, Minas Gerais, em 14 de julho de 1980. Serviu por quatro anos nas fileiras do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais (10° BBM – Divinópolis) e graduado em Engenharia Civil pela FUNEDI/UEMG. Cristão, católico, apaixonado por simbolismos religiosos, e um amante das Letras, apresenta suas primeiras incógnitas para as equações das palavras.



Sinopse - O Grito Vermelho - A Sinfonia da Morte - Bruno Godoi

Um crime: doze corpos encontrados em uma região mística do norte da Mongólia. Um agente especial francês em luta contra seus mais íntimos inimigos: “os próprios pesadelos”. Um padre exorcista do Vaticano. Um assassino letal e misterioso que cruza o caminho das investigações do governo francês e do Vaticano, pondo em risco a segurança dos agentes e dos padres. Segredos são aos poucos apresentados e revelam as angústias e os pecados impressos nos homens. O Grito Vermelho: o lamento silencioso da alma…





Agora é a vez de uma autora muito simpática Érica Azevedo, ela também me cederá um exemplar de seu romance Pluvia. Vamos conhecer um pouco mais sobre a autora:


Erica Azevedo nasceu na capital paulista, entre ruas abarrotadas e o ar poeirento do fim de tarde. Descobriu a literatura fantástica com a série “Harry Potter” e graças a ela se tornou uma aficionada por livros dos mais variados gêneros e autores. Ainda no ensino fundamental, escreveu um roteiro baseado na ditadura militar, o que a aproximou ainda mais da escrita. Mas foi observando a chuva borrar a janela da sala na casa onde morava com os pais e, depois de anos vivendo no mundo dos livros, que a ideia de uma realidade totalmente nova lhe veio à mente. Em meio a idas e vindas começou a contar a história de Ana e sua saga por Pluvia e pelos mundos de Lucien. Atualmente dedica-se a graduação de Ciências Políticas.

Sinopse - Pluvia - Erica Azevedo Ana cresceu empenhada em suas histórias fantásticas, mas nunca teve oportunidade de se aventurar por elas. Abandonou-as ainda na adolescência, enxergando que a realidade é dura demais para tais voos inocentes. Mas, em meio a uma viagem a um vilarejo desconhecido no sul do Brasil, ela tem a oportunidade de enveredar por um mundo totalmente novo, quando, em meio à chuva do fim de tarde, observa as gotas se transformarem em pessoas iguais a ela. Sentindo o fogo que a preenchia na infância se reacender com a curiosidade, Ana vai atrás deles e se depara com um pedido de ajuda e a descoberta de um novo mundo: Pluvia. Mas o que essas pessoas realmente escondem? E qual o segredo por trás dos profundos olhos azuis do estranho senhor da mercearia? E o que de tão terrível está assustando os pluvianos a ponto de fazê-los pedirem ajuda a uma menina indefesa? Essas respostas serão desvendadas e muitas outras perguntas surgirão no decorrer da leitura de Pluvia. O primeiro livro da série “Os Mundos” traz um misto de aventura, romance e diversão para os leitores de literatura fantástica e que, como Ana, possuem sede por conhecer outros mundos.



E por fim, temos uma autora bem jovem e aparentemente com uma escrita bem diferente: Carina Corá.


Carina Zatti Corá nasceu em Caxias do Sul, RS, tem 19 anos e vive em Porto Alegre. Estuda Teatro na Universidade Federal do Rio Grande do Sul e é bolsista na área de recepção teatral e dramaturgia. Iniciou a produção deste livro ainda no Ensino Médio e o concluiu durante seu intercâmbio na Dinamarca.






Sinopse - Memórias Fictícias - Carina Corá
Quatro diários. Três seres. Uma busca em comum: chegar à superfície da realidade. Uma torre, um lago de cristal, olhos de universo presentes em tempos diversos, em vidas cruzadas e em memórias fictícias. Um mundo imaginário perdido no limbo de uma casa que abrigara relações misteriosas de uma família. Até que ponto suas memórias são verdadeiras? Através dos relatos de Coralina de Lilá, Bianca Giacomina e Érus atravessamos o fino limiar entre realidade e ficção.








São muitas parcerias, muitos livros incríveis, espero que vocês tenham gostado das novidades e aguardem as resenhas, pois elas virão.

Abraços,
Rogério Queiroz.


8 comentários:

  1. Oi Rogério,

    Deste que mencionou já sou parceiro do P. Levy, através da Bussola! Logo lerei os livros dele e postarei as resenhas

    E Também do Bruno Godoi, fiz parceria com ele a duas semanas e ainda não postei a divulgação de parceria.. Uma vez que programei para amanha! rs :P

    Muito sucesso com as novas parcerias! :D

    Adriano G.
    http://geracaoleiturapontocom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Uau Rogério, que DEMAIS! Parabéns por todas essas parcerias amigão e muito sucesso para você. Tirando a Érica Azevedo os outros eu tbm conheço e são meus parceiros :)
    Super Abraço, Victor Rosa
    encantosparalelos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. que massa Rogério. =D Parabéns pelas parcerias, eu não conhecia nenhum deles, gosto de conhecer autores brasileiros, =)

    Beijos, Débora.
    http://www.estantedadebora.com.br/

    ResponderExcluir
  4. E eu faço o que? Morro de orgulho, né?
    Parabéns! Parabéns! Parabéns!
    Espero que o futuro te reserve mais enxurradas de coisas boas. Você merece!!! \o/
    Beijos!

    PS: Tem sorteio rolando no blog! Participe!
    Café com Leituras!
    http://cafecomleiturasneriana.blogspot.com.br/2013/06/promocao-de-ferias-o-nao-percam.html

    ResponderExcluir
  5. Quantos parceiros!!! :)

    Que coisa boa o reconhecimento, não é mesmo?
    Parabéns, Rogério!!!

    Beijos,
    Samanta.

    http://diversaoempapel.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Nossa nem tinha visto que tinha o post rsrs,desculpa.
    Quero parabeniza-lo pelas parcerias.
    bjus
    Tamires C.

    ResponderExcluir
  7. Já conhecia os livros do Paulo Levy, mas nunca tive a oportunidade de ler algum. Sou louco pra ler Morte na Flip desde que ouvi falar de sua existência!
    Sobre Grito Vermelho também já tinha escutado e achei muito impressionante, realmente parece ser ótimo!
    Os demais ainda não conhecia e por serem de fantasia me deixam com um pé atrás, vou aguardar as resenhas pra saber mais sobre eles.
    Abraços, sucesso e parabéns por todas as parcerias!

    ResponderExcluir
  8. Oi Rogério.
    Parabéns por todas as parcerias, que seja de muito sucesso pra ambas as partes.

    Beijos
    Leituras da Paty

    ResponderExcluir