Pesquise!

Carregando...

Seguidores

Facebook

Tecnologia do Blogger.

Link-me

O Blogueiro

Visitas.

04/04/2014



Título: Eu sei o que você está pensando
Autor: John Verdon
Editora Arqueiro
Páginas: 340



Olá, pessoal!!!
Abaixo vou tentar passar parte da sinopse para vocês através de trechos do livro. Acho que é uma forma de deixar que os personagens contem a própria história. Os quotes selecionados fazem parte da primeira parte - o livro é divido em três partes - evitei as passagens das partes dois e três para não dar grandes spoilers.


"O que você tomou você dará
Quando receber o que deu."


“– Cartas ameaçadoras são, na maioria dos casos, apenas cartas ameaçadoras. A mensagem desagradável é em si a arma de ataque, por assim dizer. No entanto...” (Página 32). (David Gurney - Detetive aposentado).

“– Uma pessoa lhe dá um envelope lacrado e diz para visualizar um número. Você pensa em 658. Ela manda olhar no envelope. Você olha no envelope. O bilhete dentro diz 658.” (Página 34). (Madeleine – Esposa do David).

“– Davey, pelo amor de Deus, eu estou me cagando de medo. Não sei que diabos está acontecendo. Você é o cara mais inteligente que já conheci. E é o único que confio para não piorar a situação.” (Página 36). (Mark Mellery).

***

“– Você está envolvido. Talvez não saiba como rotulá-lo. Você não é policial e ele não é oficialmente vítima de crime. Mas há uma charada, e, por Deus, cedo ou tarde você vai juntar as peças. Essa vai ser sempre a questão essencial, não é?” (Página 38). (Madeleine).

“– Não consegui tirar o negócio do Mellery da mente.” (Página 47). (David).

“– As peças ficam girando na minha cabeça, sem levar a lugar nenhum, só me deixando desconfortável, cansado demais para raciocinar direito.” (Página 47). (David).

“– Você nunca para de pensar, não é?” (Página 50). (Madeleine).

***

“– Você acha mesmo que ele está planejando ... fazer alguma coisa séria?” (Página 61). (Mellery).

“– É bem possível.” (David).

***

“David imaginou se o colega de faculdade sabia mais do que estava dizendo. Será que ele tinha consciência de algo que fizera num passado distante e que pudesse ser o motivo para a campanha de ameaças e insinuações que estava sofrendo? Será que o médico sabia o que o mostro havia feito?” (Página 91).
__________________________________

"Eu sei o que você está pensando" foi uma leitura incrível, superou minhas expectativas e fez jus a todos os elogios que eu já havia lido. 

A trama é um pouco lenta se compararmos a outras livros do gênero policial, sobretudo porque o autor foca bastante no relacionamento do casal e em como a profissão do detetive David Gurney atrapalha o seu casamento. (Se ele se separar da Madeleine nos próximos livros eu caso com elas. :3 ). Sobre o David eu posso dizer que ele é um homem de verdade, com dramas e feridas do passado muito vivas ainda, atormentado, inteligente...

Apesar do ritmo mais devagar, o livro se mostra tenso a cada página, desde o começo quando alguém afirma saber tudo o que Mark Mellery está pensando, quando assassinatos misteriosos acontecem e depois com a busca por um serial killer inteligente, frio e implacável.

Faz muito tempo que tenho vontade de ler John Verdon, eu coloquei até este livro como meta de leitura para 2014, e pretendo ler os outros dois o quanto antes, estou muito curioso para saber se o autor conseguirá se superar.

Então, é isso, só tenho mais uma coisa a dizer: Eu sei o que você está pensando foi o livro mais instigante que li nos últimos tempos!

Avaliação:


Links:
Site Arqueiro
Facebook
Twitter
Instagram

Abraços,

Rogério Queiroz.


8 comentários:

  1. Você sabe que sou louco pra ler esse livro, mas estava adiando devido a promessas de não comprar mais nada em 2014. Porém sua resenha me instigou ainda mais! Cartão de crédito, aguarde!

    ResponderExcluir
  2. Oi amigoooo chegueiii!!!
    Muito legal esse post com esses quotes gostei muito e ja marquei o titulo para ler depois!
    bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  3. Caramba! Que massa essa resenha feita de quotes!! Ideia diferente do que tenho visto por aí, dá uma sensação de intimidade com a obra, mesmo a gente ainda não tendo lido. :D
    Pelo jeito eu ia gostar de ler esse livro. Nunca tinha ouvido nem lido nada sobre ele, e apesar de não ser uma narrativa tão rápida, o foco no relacionamento do casal deve ser um baita diferencial, né?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Woooooooow, Rô. Preciso ler mais livros do gênero e esse é uma ótima pedida. Adooorei a sua ideia de resenha em quotes. Ela nos faz ter um pouco de contato com a narrativa do autor e isso é muito bom!

    Beeijos

    ResponderExcluir
  5. Roger, meu querido..... Ameiiiiiiiii.
    Só me instigou muito mais em querer esse livro OH God.... Fico imaginando como deve ser para a mente de uma pessoa uma outra saber o que ela pensa... Nossa deve ser um transtorno daqueles, já me apaixonei ainda mais... Em maio vou comprar meu exemplar, preciso ler esse livro. Se você disse que superou as suas expectativas, deve ser muito bom mesmo afinal de contas você já lê esse tema a mais tempo que eu. Amei... Xero!!!

    Ah meu pulso está melhor, obrigado.

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Meu querido amigo, fico feliz que você esteja aprimorando e reinventado suas resenhas, até porque é bem criativo isso ai que você fez. Eu nunca tinha pensado nisso. Enfim...
    Mas olha, eu nunca li esse livro. Eu já vi nas livrarias, mas tenho que citar que quando vi o nome do Autor, eu lembrei que tinha um livro dele na minha estante. Agora não vou me lembrar o nome, mas não é esse ai não. Até porque estava atrás de livros de investigaçào e todos falam muito bem dele. Principalmente da Lisa Gardner. Tenho dois livros dela aqui na minha estante e espero ler logo, porque eu estou precisando de algo assim policial para destrair um pouco das outras coisas que ando lendo aqui hahahaha.....Espero gostar bastante =]

    Se cuida meu amigo e valeu pena dica do livro.
    Vou ver se procuro ele pra comprar e colocar na minha coleção
    beijinhos

    lovereadmybooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Realmente o livro é ótimo, apesar de alguns pesares. E muito inteligente, fiquei doida com ele tentando descobrir as coisas.

    Adorei a forma da sinopse, meio que queria que tivesse continuado nas partes seguintes (apesar de ter entendido o porque de não continuar, e ser o certo afinal de contas nem todos leram), mas muito legal essa forma, até me ajudou a lembrar.

    Eu estou com o segundo aqui do Davey, até tinha começado a ler, mas acabei comprando leituras que tava mais afim, aí deixei parado, mas o próximo do gênero que pretendo ler é o Feche Bem os Olhos

    Té mais...
    http://bmelo42.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Rogério! :)

    Adorei a resenha em quotes, não tinha visto assim ainda, posso roubar sua ideia qualquer dia desses? hahaha. Enfim, algum tempo atrás estava interessado nesse livro, mas acabei cedendo espaço para outros estilo literários que não seja policial, mesmo assim quando o destino permitir quero ler ele, espero que seja logo, não tão logo (tem os livros de Sidney na frente). Que você leia os outros do John logo ;)

    Abraços.

    ResponderExcluir