Pesquise!

Carregando...

Seguidores

Facebook

Tecnologia do Blogger.

Link-me

O Blogueiro

Visitas.

04/09/2014

Título: Roleta Russa
Autor: Jason Matthews
Editora Arqueiro
Páginas: 432



Roleta Russa é um livro que tem uma carga de curiosidade crescente, pois, inicialmente o leitor acompanha a apresentação dos personagens centrais da trama, principalmente seus desenvolvimentos e quais circunstâncias os levaram a trabalharem como espiões, ou agentes do governo. O fato é que o livro tem um começo muito lento.

Roleta Russa foca principalmente na história de Dominika Egorova, uma espiã russa e pardal (treinada para usar sua sexualidade para seduzir homens em posições comprometedoras para o seu país) e Nathaniel Nash, um espião americano.

No meio de uma operação de troca de arquivos com um “figurão” da espionagem, o cerco se fecha sobre Nathaniel Nash e ele quase é capturado por agentes do governo russo. Nate consegue escapar, mas deixa o seu rastro. Seus inimigos sabem quem ele é, e precisam descobrir quem era o outro homem, o informante.

Dominika está treinando para ser uma bailarina e tudo está fluindo, mas, como nem tudo são flores, uma rival ciumenta destrói o seu sonho. Seu Tio Vanya, um espião russo (dos grandes, sabe), vê sua beleza e recruta-a para um "trabalhinho especial" com um mafioso rico. Depois do trabalho “concluído”, Dominika passa a saber mais do que deve, logo, Vanya decide que ela se juntará ao serviço como funcionária, onde ele pode controlá-la, mas Dominika solicita formação como espiã. Quando a garota, que é dotada por um talento bem interessante (interessante mesmo!), termina a escola de espiões, Vanya vê outro uso para seu corpo, e a envia para uma escola de Pardais, onde ela seria treinada como uma mulher capaz de usar seu corpo para prender homens e mulheres para cumprir as ordens dos russos.

A missão de Dominika passa a ser seduzir Nathaniel Nash para descobrir quem era o seu informante, recrutado do auto escalão russo.

No entanto, nesse jogo perigoso de sedução um dos dois vai passar para o outro lado. Quem será que conseguirá recrutar quem?

***

O livro realmente é prejudicado pelo começo devagar quase parando. A leitura se torna muito cansativa e dá uma vontade intensa de largar o livro. São mais de 100 páginas para os protagonistas acabarem na mesma cidade. Lá para o final o livro se torna mais emocionante, com os altos riscos e coisas legais que se espera de um romance de espionagem.

O autor não centraliza a história, não existe um foco, são vários pontos de vista e eu tive que me concentrar para entender as coisas nesse emaranhado de fragmentos que ele oferece. 

Roleta Russa é em parte um romance de espionagem em que os agentes estão sendo “educados”, ou treinados, e conhecendo o mundo dos agentes e espiões entre os EUA e a Rússia.

Só para fechar a resenha, preciso reclamar um pouco sobre as receitas. No início de cada capítulo o autor apresenta uma receita de um prato que foi servido no capítulo anterior, o que me fez ficar focado em todos os tipos de alimentos que apareciam no livro, além do que, o autor tendo que seguir essa ideia se obrigou a colocar seus personagens comendo em todos os capítulos.




Links:
Site Arqueiro
Facebook
Twitter
Instagram


Abraços,
Rogério Queiroz.



4 comentários:

  1. Oi, Rogério!!
    Eu estava animado para ler Roleta Russa, mas o preço não tinha me agradado: muito caro!!! Agora com sua resenha que não vou querer mesmo, leitura lenta/cansativa é ruim demais. Logo eu sou lento para ler, imagine quando vou terminar??!!
    Ahh volte para ficar mesmo no blog!!
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  2. Heey!

    Pra ser sincera, não me senti atraída por esse livro. Não só pelo começo tão lento, mas a história mesmo em si não me deixou curiosa. Isso sem contar as outras ressalvas que você fez. Enfim, vou passar essa.

    Beijinhos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Olá, nossa eu gosto bastante de livros que envolvem romance e ação, mas esse realmente não me chamou a atenção. Me parece ser chato, e não gostei da ideia das receitas.
    ótimas resenha, você mostrou bem o seu ponto de vista.
    beijos!
    seforasilva.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Rogério,
    Ao contrário de você, eu achei o livro genial. Eu nunca tinha lido nada de espionagem e achei tudo tão bem descrito que me senti espiã.
    Realmente o início é meio devagar, mas acho que superei isso!
    Fiquei muito em dúvida sobre em quem confiar, quem era bom e quem era mau de verdade, ufa! Foi tenso! rs
    Beijos
    Chrys Audi
    http://todaaliteraturadomundo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir